Pesquisar
Close this search box.

 NOTÍCIAS 

Acompanhe: série de ágoras sobre o protagonismo dos saberes populares e das práticas comunitárias na Saúde Coletiva

A Abrasco, por meio dos GTs “Educação Popular e Saúde” e “Deficiência e Acessibilidade” e da Rede de APS promove em 2024 a Série de Ágoras “O protagonismo dos saberes populares e das práticas comunitárias na Saúde Coletiva e suas contribuições para o SUS”. Serão 9 encontros ao vivo, com transmissão pela TV Abrasco, canal da instituição no youtube.

Assista na íntegra as edições já realizadas:

1 – O protagonismo dos movimentos e das práticas populares na Saúde Coletiva
O primeiro encontro aconteceu na tarde da segunda-feira (18), e contou com a participação de Pedro Cruz (UFPB/Abrasco), Vera Dantas (GT EPS Abrasco), Eni Carajá (MORHAN) e Paulino Matias (ACS Ibipitanga-BA). A medição ficou por conta de Luanda Lima (GT EPS Abrasco).

2 – Práticas integrativas e populares de cuidado na experiência do Espaço Ekobé
O segundo encontro aconteceu na tarde da terça-feira (26), às 16h. A responsável pela mediação foi Luanda Lima (GT EPS Abrasco) e os convidados especiais Edvan Florêncio e Vilma Duarte, que atuam no Espaço Ekobé da Universidade Estadual do Ceará (UECE), voltado para práticas integrativas e populares de cuidado.

3 – Eliminação de barreiras à participação para qualificação da Atenção Primária à Saúde – produzindo saberes de forma participativa

O terceiro encontro aconteceu na tarde da terça-feira (2). O evento contou com participação de Karla Simão(SMPD Rio) e Laís Silveira Costa (ENSP/Fiocruz) e mediação de Vitória Bernardes (CNS). O evento debateu formas de inclusão e formas de eliminação de barreiras no atendimento da Atenção Primária. O evento contou com tradução simultânea para Libras.

Associe-se à ABRASCO

Ser um associado (a) Abrasco, ou Abrasquiano(a), é apoiar a Saúde Coletiva como área de conhecimento, mas também compartilhar dos princípios da saúde como processo social, da participação como radicalização democrática e da ampliação dos direitos dos cidadãos. São esses princípios da Saúde Coletiva que também inspiram a Reforma Sanitária e o Sistema Único de Saúde, o SUS.

Pular para o conteúdo