Pesquisar
Close this search box.

 NOTÍCIAS 

Radis lança edição especial sobre o 9º CSHS

Comunicação Abrasco

Os debates e esforços no processo de emancipação na saúde, que abrem espaço para a decolonialidade, reparação e (re)construção crítica, realizados no 9º Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde (CSHS), são destaque em reportagem especial publicada no site do Programa RADIS de Comunicação e Saúde. O evento, realizado pela Abrasco, aconteceu em Recife (PE), de 30 de outubro a 3 de novembro de 2023, reuniu 2.300 pessoas e contou com mais de 1.400 trabalhos apresentados.

O texto, assinado por Adriano De Lavor e Luiz Felipe Stevanim, destacou o encontro, promovido no 9º CSHS, entre a produção científica de diferentes áreas do conhecimento na construção da saúde, bem como esforços para combater desigualdades, fortalecer a Saúde Pública e, consequentemente, o Sistema Único de Saúde (SUS).

A reportagem ressaltou a relevância da conferência da ministra da Saúde, Nísia Trindade Lima, que inaugurou as atividades do 9º CSHS. Abrasquiana, a ex-presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) frisou a importância da produção de informação e dados para pensar políticas públicas, de fato, inclusivas.

A pluralidade e a riqueza dos debates com a participação de movimentos sociais e ativistas também foram contempladas no texto, que destaca o quão fundamentais são esses esforços nas reflexões acerca da Saúde Pública e do SUS, sem colocar esses atores num lugar acessório, mas de protagonismo.

Sobre o Programa RADIS

O Programa RADIS de Comunicação e Saúde, de jornalismo crítico e independente em saúde pública, iniciado em 1982, na Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (Ensp/Fiocruz) objetiva ser um espaço de divulgação e co-produção de sentidos. Desde 2002, produzem a revista Radis, enviada para mais de 100 mil assinantes em todos os municípios do país.

Associe-se à ABRASCO

Ser um associado (a) Abrasco, ou Abrasquiano(a), é apoiar a Saúde Coletiva como área de conhecimento, mas também compartilhar dos princípios da saúde como processo social, da participação como radicalização democrática e da ampliação dos direitos dos cidadãos. São esses princípios da Saúde Coletiva que também inspiram a Reforma Sanitária e o Sistema Único de Saúde, o SUS.

Pular para o conteúdo